Roteiro: Guia do OpenUP
Este guia fornece uma visão geral do OpenUP, sua finalidade e seu ciclo de vida.
Descrição Principal

Introdução

O OpenUP destina-se à pequenas equipes que trabalham juntas no mesmo local. A equipe precisa se engajar em total iteração face-a-face diariamente. Os membros da equipe são os stakeholders, desenvolvedores, arquitetos, o gerente de projeto e os testadores. Os membros da equipe se engajam em uma colaboração significativa, tomando suas próprias decisões a respeito de quais necessidades devem ser trabalhadas, quais são as prioridades e como melhor direcionar as necessidades dos stakeholders. A organização deve suportar a equipe permitindo-lhes esta responsabilidade.

Os membros da equipe colaboram extensivamente. A participação dos stakeholders como membros da equipe é crítica para o sucesso da realização do OpenUP.

Os membros da equipe participam de reuniões diárias para comunicar o status e dúvidas. Os problemas são tratados fora das reuniões diárias.

O OpenUP tem foco na redução significativa dos risco o mais cedo possível no ciclo de vida. Isto requer reuniões regulares de revisão do risco e uma rigorosa implementação de estratégias de atenuação..

Todo o trabalho é relacionado, acompanhado e atribuído através da Lista de Itens de Trabalho. Os membros da equipe usam este repositório único para registrar todas as tarefas necessárias e acompanha-las. Isto inclui todas as solicitações de mudança, erros, e pedidos dos stakeholders.

Os casos de uso são usados para elicitar e descrever os requisitos. Os membros da equipe devem desenvolver habilidades para descrever bem os casos de uso. Os Stakeholders são responsáveis por rever e certificar que os requisitos estão corretos. Os casos de uso são desenvolvidos colaborativamente.

Os requisitos arquiteturalmente significantes devem ser identificados e estabilizados na Elaboração de forma que uma arquitetura robusta possa ser criada para ser o núcleo do sistema. Uma alteração em um requisito arquiteturalmente significante pode surgir posteriormente no desenvolvimento e deve ser direcionada, mas o risco disto acontecer é significativamente reduzido na iteração de Elaboração.

O Teste é executado….

O OpenUP não inclui conteúdo para implantação, gerência de mudança ou ambiente (tal como personalizar este processo ou configurar os ambientes de desenvolvimento). O OpenUP é focado em uma única equipe, e estas áreas são normalmente tratadas em nível organizational ou empresarial. Procure por extensões do OpenUP direcionadas para estas grandes áreas.

O OpenUP é um processo iterativo de desenvolvimento de software que é mínimo, completo e extensível. É governado por quatro princípios básicos:

  • Balancear as prioridades competitivas para maximizar o valor aos Stakeholders.
  • Colaborar para alinhar os interesses e compartilhar o entendimento
  • Evoluir para continuamente obter feedback e promover melhorias
  • Focar na articulação da arquitetura

Os papéis executam as tarefas que consomem e produzem os artefatos. O OpenUP descreve o conjunto mínimo de papéis, tarefas e artefatos envolvidos no desenvolvimento de software:

  • Papeis
  • Tarefas (organizadas por disciplinas)
  • Artefatos (organizados por domínios) 

Ciclo de vida de desenvolvimento de software

O OpenUP é um processo iterativo distribuído por quatro fases: Concepção, Elaboração, Construção e Transição. Cada fase consiste de uma ou mais iterações, onde versões de trabalhando estáveis do software são desenvolvidas e liberadas, com a conclusão de cada iteração representando um pequeno marco para o projeto e contribuindo para a realização bem sucedida do marco principal da fase onde os objetivos da fase são alcançados.

O diagrama a seguir descreve o ciclo de vida do OpenUP.

Figure 1: Diagram of the OpenUP/Basic Lifecycle

Figura 1: O ciclo de vida do OpenUP

Como começar?

O quarto princípio básico do OpenUP, “Evoluir para continuamente obter feedback e promover melhorias”, sugere uma abordagem iterativa e incremental para adotar o OpenUP.

  • Comece com os princípios básicos e compreenda as intenções do OpenUP.
  • Então, avalie o processo existente e selecione uma ou duas áreas principais que você gostaria de melhorar.
  • Comece a usar o OpenUP para melhorar estas áreas primeiramente.
  • Nas iterações posteriores ou ciclos de desenvolvimento, faça melhorias incrementais em outras áreas.
  • Se você tiver pouca ou nenhuma experiência com processos unificados ou outros processos iterativos, use o OpenUP em um projeto piloto pequeno, talvez com somente três a quatro pessoas que trabalhem por somente dois a três meses.

Mesmo o OpenUP sendo um processo pronto para usar, você pode estende-lo ou modificar os templates dos produtos de trabalho para se ajustarem as suas necessidades específicas. Por exemplo:

  • Você pode necessitar de mais ou menos precisão em seus produtos de trabalho.
  • Sua organização pode ter práticas de gerência de configuração ou protocolos de segurança específicos para incluir em seu processo.
  • Você pode simplesmente querer pôr seu logotipo corporativo no banner.
  • Você pode querer incorporar lições aprendidas de uma revisão retrospectiva no OpenUP.

Use o EPF composer para estender e customizar o OpenUP. Para mais informações sobre o  EPF composer, visite www.eclipse.org/epf.

link to inception phase concept link to elaboration phase concept link to construction phase concept link to transition phase concept link to inception phase iteration delivery process link to inception phase iteration delivery process link to construction phase iteration delivery process link to transition phase iteration delivery process